Cuidados com Piercing

Furar as orelhas, ou melhor dizendo, os lobos das orelhas, é um costume já bastante antigo e, em muitas civilizações, fazia parte dos padrões de beleza furar também um lábio ou até o nariz. No entanto nos dias de hoje, muitas pessoas, principalmente os jovens, levam o famoso piercing (furo) a outros rumos até mesmo extremos, furando as mais diversas e surpreendentes partes do corpo. Por isso deve ter alguns cuidados com piercing.

cuidados com piercing

Furar, mas com segurança

O piercing pode provocar dor e até mesmo ser difícil de furar, principalmente em áreas diferentes das orelhas. Ele deve ser feito por um médico, profissional de saúde ou especialista no ramo. De preferência com experiência nessa função, seguindo os procedimentos adequados para minimizar todos os riscos. Além disso é essencial a utilização de um material esterilizado para evitar infecções e transmissão de hepatite ou HIV.

Antes de você colocar um piercing, os médicos aconselham que você se vacine contra o tétano e a hepatite. Um piercing colocado em segurança exige uma agulha nova, esterilizada e descartável. Não aceite, em hipótese alguma, que seja usada uma pistola pois essa é difícil de esterilizar. Assegure-se também de que o técnico use luvas de borracha novas antes de começar. Os piercings em si devem ser antialérgicos: de aço inox ou ouro, por exemplo. Pois o níquel e outros metais mais econômicos causam muitas vezes irritação nas pessoas hipersensíveis. Além disso, eles também devem ter as dimensões adequadas à parte do corpo a que se destinam, pois, se forem demasiado grossos, podem provocar abcessos, e se ao contrário, forem demasiados finos, podem deixar o tecido rasgar.

Os médicos não aconselham a perfuração das orelhas dos bebês e crianças pequenas, porque elas são altamente susceptíveis a infecções.

Depois de colocar o piercing

Com alguns cuidados essenciais você pode acelerar a cicatrização do seu piercing e reduzir o risco de complicações. No caso da perfuração nas orelhas, deixe os brincos no local perfurado durante as primeiras semanas. Vá girando os mesmos frequentemente. Limpe a área em redor dos brincos cerca de duas vezes por dia com água oxigenada ou álcool. Aplique também uma camada de pomada antibiótica. Depois das duas primeiras semanas lave apenas com água e sabonete.

Os cuidados com os piercings em outras partes do corpo são basicamente os mesmos, mas algumas áreas levam mais tempo para cicatrizar. A parte superior da orelha e o nariz possuem muita cartilagem e pouca irrigação sanguínea, por isso, são muito fáceis de infeccionar ou de formar tecido cicatricial. Em caso de infecção, consulte imediatamente um médico, pois você pode precisar de tratamento mais sério com antibióticos.

Fique atento aos sinais mais comuns de infecção que podem ir desde um mal-estar pouco vulgar a formação de crostas, coceira, vermelhidão e até liberação de pus.

Leave A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *