Alfa Hidroxiácidos

Se você usa cosméticos com frequência ou então lê revistas sobre beleza feminina, com certeza já ouviu falar sobre os alfa hidroxiácidos ou hidroxi-ácidos (AHAs), que são ácidos derivados de frutas ou açúcares do leite que prometem deixar a pele mais jovem.

E dão resultado? Sim! Assim como o ácido retinóico, os AHAs removem as células mortas da pele e aumentam a velocidade com que as mesmas são substituídas. Porém, ao contrário do ácido retinóico, eles não reforçam a produção do colágeno – pelo menos não existem estudos comprovando isso ainda.

aha

Qual a Percentagem correta de AHA?

Nem todas as loções e cremes AHAs são iguais: alguns contêm concentrações muito mais elevadas dos ácidos do que outros. Segundo as normas da indústria dos cosméticos, as concentrações dos AHAs em todos os produtos de venda livre deverão ser de 10% ou até menos, e alguns dos cremes vendidos nas lojas não podem conter mais que 2 a 3%. Estes produtos podem até remover as células mortas, mas, eles não penetram tão fundo como as concentrações mais elevadas.

Ao comprar uma loção de venda livre de alfa-hidróxidos, procure concentrações de AHAs de 5 a 10%. (Se a porcentagem não estiver indicada, certifique-se de que o AHA está entre os três primeiros ingredientes. Os AHAs têm muitos nomes. Incluindo ácido glicólico, ácido lático, ácido málico, ácido cítrico, ácido alfa-hidroxioctanóico e ácido alfa-hidroxicaprílico, tenha atenção a isso.) Alguns cremes receitados pelos dermatologistas podem conter concentrações mais elevadas de AHAs; Ter um pH mais elevado causando o risco de contrariar uma inflamação da pele.

Cuidados a Ter com Estes Cremes

Os AHAs em concentrações mais elevadas devem ser usados com cuidado e só usados sob vigilância médica. Uma informação importante é que desde 1992 os AHAs presentes em cosméticos passaram a estar disponíveis para todo o público. Mesmo que os seus efeitos a longo prazo não serem ainda conhecidos.

cremes com aha

Com o passar do tempo têm sido relatadas várias reações adversas. Vermelhidão intensa, coceira (sobretudo na região dos olhos), queimaduras, bolhas, hemorragias, erupções, dores e descoloração da pele são algumas. Tal como o ácido retinóico, os AHAs aumentam a sensibilidade da pele à luz solar.

Para uma esfoliação ligeira, a solução mais simples pode ser um esfoliante com grânulos ou partículas abrasivas. Todos os produtos são eficazes quando utilizados com suavidade e água suficiente para evitar em demasia a fricção. Geralmente, os grãos finos e lisos dos esfoliantes sintéticos são mais seguros do que muitos esfoliantes naturais, cujos grãos possuem arestas irregulares e podem irritar a sua pele.

Leave A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *