Ácido Retinóico

Será que as famosas e indesejáveis rugas são mesmo inevitáveis?
Para quem não sabe o ácido retinóico, também conhecido como tretinoína, é utilizado na prevenção e tratamento do acne, e hoje em dia ele também é usado para combater o envelhecimento da nossa pele provocado pela incidência dos raios solares.

Envelhecimento da Pele

À medida que a pele envelhece ela produz menos oleosidade, o que pode deixar a camada externa da pele seca e áspera. Ao mesmo tempo, a camada interna produz menos elastina e colágeno; as proteínas essenciais para manter a nossa pele macia e flexível. O resultado dessas mudanças é uma pele mais fina e menos elástica. Especialmente nas pessoas de pele clara, nos fumadores e em todas as pessoas que se expõem muito aos raios solares. O ácido retinóico na forma de gel ou solução, foi introduzido no mercado em 1971 como um medicamento para a acne e até hoje é bastante utilizado para esse fim. Mas, em 1988 um estudo demonstrou os efeitos da tretinoína sobre a pele envelhecida pelo sol.

O Àcido Retinóico na Ajuda ao Acne

Desde então a tretinoína tem sido utilizada também para este fim. Os problemas mais comuns associados ao uso da tretinoína incluem vermelhidão e sensibilidade à luz solar. Quer aplicado em gel, creme ou líquido, o ácido retinóico acelera a esfoliação da pele – processo em que ocorre a desagregação das células mortas da epiderme. Como consequência, a derme regenera as células da pele. Também existem provas de que com o ácido retinóico a pele retêm melhor a umidade.

Contudo, os efeitos do ácido retinóico são bastante variáveis de pessoa para pessoa, tudo depende do organismo. Uma análise às investigações nos Estados Unidos da América provou que, após seis meses de aplicação diária, só cerca de 30% das pessoas apresentavam uma melhora moderada. Por outro lado, 35% sentiam uma melhora mínima e outros 35% não sentiam nenhuma melhora sequer.

Por fim, cerca de metade dos utilizadores do ácido retinóico notaram a mudança apenas no aspecto áspero da pele, que no caso diminuiu deixando a pele mais lisa e menos áspera. O ácido retinóico demora de semanas a meses para produzir um efeito visível. Os resultados esperados só aparecem cerca de seis meses após o início do tratamento. Depois disso, é de se esperar poucas melhorias e o uso do medicamento serve apenas para manutenção. Se você deixar de usar cremes com ácido retinóico após os seis meses a sua pele voltará gradualmente ao seu estado anterior.

Leave A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *